quarta-feira, 26 de março de 2008

Backspace

O inimaginável,
O inatingível,
O intangível,
Difuso.

Coroado de espinhos,
É então louvável,
Todas as explicações de um alguém amável,
Lhe tornam o ter confuso.

Há tempos,
Estou me sentindo um ser,
Mas isto sim é segredo...
Nem queira saber!

Vitrais...
Que através da luz,
Exalam sagrados coloridos,
Onde é Deus?
Somos apenas anjos caídos...
E Ele a todos conduz...


f a l l i n g b o y (on the road, on the rocks with a can of soda...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!!