sexta-feira, 12 de setembro de 2008

A primavera e seus sentimentos...

Meus anseios em meu interior tem sentido.
Mesmo escondidos desabrocham, como a primavera, como a flor.. numa estação. Sopram como o vento, batem forte como uma emoção.
Como sentir-se livre sem poder tocar? Saber sem poder sentir? É como estar na escuridão sem abrigo, num viver sem cor... sem sentido, sentimento, algo bonito.
É como estar em perigo.
O amor que liberta o corpo, acalma a alma, reata elos perdidos, une o conhecido e o desconhecido, desperta a paixão, une caminhos... nos leva ao infinito.
Nos dá asas pra voar.. voar alto, e pés bem firmes pra voltar ao chão, pra estar ao teu lado.
Me dê tua mão, que eu mesmo calado, quero ser tua proteção.
Sem querer, sem saber, chegaste e em mim permaneceu com teu sentimento... me tornaste completamente teu, meu amado.
Apenas peço viver, ter um coração pleno pra te amar.. com um amor forte, sincero e divino, um lugar só teu, onde eu possa te guardar... pra então juntos seguirmos nesse caminho. Juntos... na mesma direção.
Eu amo? Sim... eu amo. E eu te amo. Com todo meu coração!


falling boy >>> well... what else can be said??

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!!