sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Observo

Sentado em um banco,
Estou, enquanto eu espero,
E sozinho observo a mim,
E à todos que seguem seu caminho.

O espelho reflete então meu rosto,
E meus desejos, e a estrada,
Enquanto eu aguardo ansioso,
O momento da chegada.



FA LL INg bOY

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Tua alegria

Lá onde o céu alcança,
É onde eu quero estar,
De lá quero seguir teus passos,
Ver teu olhar, aonde quer que eu vá.

E aonde fores,
Ser tua maior alegria,
Tua lágrima,
E aliviar tuas dores.

E aonde fores,
Que eu possa te acompanhar,
E apenas te cuidar,
Como um anjo.

Essa emoção,
Já não posso descrevê-la,
Falta no céu a minha mais linda estrela,
Que ilumina meus passos e que mais amo.

Posso estar longe, mas te guardo em meu peito,
Mas não somente...
Te guardo em meus olhos,
Até o dia que te encontrar novamente.


falling boy

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

A mais bela emoção...

A mais bela emoção...

Abro meus braços e sinto,
O sol bater em meu rosto,
O vento envolver meu corpo,
Queria tê-la em minha mão.

Queria ser um pássaro e voar,
Alto, de encontro ao teu coração,
E queria estar, mesmo calado,
Longe dos meus medos... ao teu lado.

.falling.boy.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Agora que estamos perto

Do céu.
Como lágrimas em um rosto, cai a neve,
Como um véu,
Que sem cor, sentido ou gosto,
Faz transparecer o que sou,
Me torno eu próprio juiz e réu.


Vem.
Como um trem em minha direção.
Pensamentos passados,
Em direção contrária saem do meu coração.
Como anjos do céu alados que vão,
Além.

Paro então um segundo, sereno,
E volto meus olhos pra fora,
Olho meu mundo, pequeno,
Que guardado,
Está profundo lá dentro,
E vem à tona nessa hora.

Sozinho.
Sigo nele,
Dependo dele,
Como se alguém que tendo tudo.
Nada, e simplesmente nada tem.
Mas tem à ele.
Carinho.

Essa é a grande prova de amor.
E quando calo ele aflora.
E permanece... quando vou embora.
Sentimento mais lindo que existe,
Que a todos belo se mostra,
Corre impetuoso como o vento, campo afora.

Esse gesto.
É nesse instante tudo que posso alcançar.
Agora que estamos perto.
Mas o melhor está por vir,
E novos ventos irão soprar.
E tudo o mais vai passar, isso é certo.


O mais importante? O mais importante é amar.

fall.ing.b.o.y.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Estrada

À beira da estrada,
Ou onde quer que eu esteja,
Sempre lembro teu olhar,
Conforme eu sigo.

Ele é a luz,
No fim do túnel,
Em teu abraço... em teus braços,
E nele encontro abrigo.

falling . boy *>*>*><*<*<*

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Nesse dia

Hoje eu acordo...
E nesse dia cinza e nublado,
Tudo o que eu queria era poder, agora,
Estar ao teu lado.
Pra que esse dia triste se tornasse enfim alegria.
A vida corre lá fora, e a dor não passa.

Sentimentos que só meu interior compreende,
Procurando... esperando lá dentro te encontrar!
Pra aliviar aquilo que eu sinto.
Mas meu olhar sabe e não entende,
Olho pela vidraça e imagino onde possas estar.
Me sinto forte nessa hora, e a tristeza passa.

falling boy... \0/\0/

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Sentidos

Contigo eu sinto como se o meu coração, a muito tempo vazio,
De amor se enchesse.
E é como se dentro dele a água mais pura...
E a vida corresse, como em um rio,
Indo em tua direção.
Esse é meu coração!!

falling boy! :)(: :)(: :)(:

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Epoclético

Sou dissimulado... mas não hipotético,
Sendo intenso, nunca estático!
Sou romântico... sou frenético.
Tenho valor artístico, estético!
Dormindo tranquilo sou enfático,
E dependendo do gosto sou eclético.

fa.l.l.ing b..o..y *¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Através da minha porta...

Posso tocar a vida...
Através da minha porta,
Mas isso pouco importa,
Mais vale o que eu sinto.

Flui em minha alma o bem,
Sou verdadeiramente alguém;
Que não se esquece e se dá conta,
Das coisas que já sabia.

Do pouco que me aparece,
Até onde a vista alcança,
O que eu vejo é esperança!
Posso ver a luz do dia.

Em meu caminho de ida,
Esse que eu chamo a vida,
Sinto cheiro de jasmins,
Caminhando entre lembranças... e jardins!

Fecho os olhos e então lá dentro,
O que vejo são imagens,
Dos nossos momentos, felizes momentos,
Todos em lindas miragens.

Através da minha porta,
Aberta, e livre dos meus medos,
Eu posso tocar a vida, sem volta,
Ao longe, com meus próprios dedos.

falling boy!!!! :)(:

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Sopra o vento

Emana o sol,
Sopra o vento,
Que transpassa meu corpo.

Sigo adiante meus passos,
Me segue minha própria sombra,
Que transpassa meu corpo.

Poetas são as rosas,
Ao longo do caminho,
Que simplesmente passa.

Libertos da opressão,
Livres na expressão,
Que simplesmente passa.

Como as novas estações,
Trazem novas emoções,
Profundas como um rio.

Águas claras correm,
Com a sede e os anseios do espírito,
Profundas como um rio.

Trazem à tona lembranças,
Traduzem todas esperanças,
Que moram em em meu pensamento.

Lindas são as flores,
Emoções em forma de cores,
Que moram em em meu pensamento.

Livres são os pássaros que podem voar,
Aqueles que com sua luz podem brilhar,
Quero ser livre com minhas palavras.

A paz conquistada,
Mora em nossos corações,
Onde eu tenho e tu tens tua morada.


...f..a..l..l..i..n..g......b..o..y... z0/\0z