quinta-feira, 30 de julho de 2009

Infinito

Deus se une a mim em seu explendor,
E não suficiente se une a minha dor,
Para que em mim não reste,
Nenhuma mágoa, nenhum mal.

E com meu sentimento contrito,
Sem ninguém além do teu ombro amigo,
Tudo está enfim perdoado.

Meus olhos vermelhos não mais escondem,
Transbordam e vão até onde está meu coração,
Infinito.

fallinG..Boy

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!!